domingo, 21 de maio de 2017

Plante sua própria salada

Gosto de brotos desde a infância, quando, nas aulas de biologia, feijões germinavam sobre algodão umedecido, como mágica. Depois passei a gostar deles no prato. E enfim aprendi a plantá-los para consumo próprio. O broto é um ótimo alimento, já que no início do crescimento as plantas são ricas em vitaminas, minerais, aminoácidos, enzimas e substâncias que reforçam a vitalidade das células. Para cultivar, escolha sementes orgânicas. Pode ser de feijão moyashi ou azuki, lentilha, alfafa, girassol, agrião, arroz, gergelim e trigo, entre outras. Deixe 3 colheres de sopa da semente de molho em água sem cloro por uma noite, em um recipiente de vidro. No dia seguinte, escorra a água e guarde o vidro no escuro. Duas vezes por dia, lave e escorra, deixando-as úmidas. 3 dias depois as sementes germinam. A partir do quinto dia, deixe-as ao sol por algumas horas e não se esqueça de tirar as cascas que se soltam, para que não contaminem a produção. Em uma semana você já pode servir os brotos cruz.
Helena Artmann

Para Saber Mais
Mamãe eu quero, Sonia Hirsch, Corre Cotia.
Você sabe se Alimentar? Dr. Soleil, Paulus
Novos Caminhos da Alimentação, Gudrun Krokel Burkhard, CLR Balieiro